DATA DISCOVERY

O que é e o que sua empresa ganha utilizando essa estratégia?

Data Discovery é uma maneira de permitir que as pessoas obtenham os fatos que precisam para fazer seus trabalhos de maneira confiável e em um formato intuitivo e de alta disponibilidade. O Data Discovery funciona de maneira diferente em contextos distintos.
É ele que faz com que, quando alguém tem uma pergunta relevante para a sua função, esse alguém possa obter as respostas sem um grande tempo de espera e independentemente de recursos técnicos.
Agora Você vai entender melhor o que isso significa e quais são as grandes vantagens que o Data Discovery tem a oferecer para a sua empresa.

O que é Data Discovery?

Data Discovery não é um recurso, é um processo orientado a negócios para a detecção de padrões e anomalidades por meio da visualização de dados. Sendo um processo interativo, o Data Discovery não requer a criação de modelos complexos e pode ser dividido em três etapas:
– Preparação dos Dados;
– Análise visual;
– Análise guiada avançada.

Se os dados são comumente vistos como o combustível do futuro, provendo grande valor para inovação e sucesso das empresas, essa nova abordagem de Data Discovery tem como objetivo não apenas reportar e monitorar a performance da organização, mas também explorar todo o valor dos dados na otimização de processos de negócios — e a grande demanda por ferramentas de Data Discovery indica uma mudança significativa no universo do BI.

Afinal, Data Discovery significa extrair padrões acionáveis de dados com auxílio da força humana ou de sistemas de inteligência artificial. Os dados apresentados geralmente aparecem na forma de gráficos e podem se assemelhar a um dashboard.

Por causa disso, dizemos que ele é um tipo de uso de dados que confia na tecnologia para extrair importantes e significativas informações dos dados.

Isso é feito para apoiar vários objetivos de negócios, usando de ferramentas como mapas de calor, gráficos de torta e mapas geográficos para ajudar os usuários a atingirem seus objetivos.

Alguns especialistas veem semelhanças entre Data Discovery e Data Mining, mas são essencialmente processos diferentes. Em comum, ambos têm o fato de passar por grandes volumes de dados para encontrar informações relevantes e acionáveis que se destacam.

Qual é a relação entre Data Discovery e Business Intelligence?

Com a popularização dos softwares de Data Discovery, o Gartner hoje recomenda que se adote um BI bimodal, que incorpora tanto o Business Intelligence quanto o Data Discovery, mas o que a experiência indica é que o Business Intelligence deve ser a fundação para a maioria das organizações — e o Data Discovery, um complemento.

Há muitas semelhanças entre ambos, mas o que é importante entender são suas diferenças e como elas podem contribuir para a forma como cada um se encaixa na rotina de negócios de uma empresa.

Business Intelligence é a abordagem tradicional para ajudar pessoas a tomarem melhores decisões baseadas em dados. Tradicionalmente o BI envolve o desenvolvimento de um armazém de dados, que é usado para reports e análises.

Geralmente os dados utilizados são internos e advém de softwares como ERP, CRM e outros sistemas operacionais importantes para a organização.

Já o Data Discovery integra dados de diferentes origens e geralmente não requer um data warehouse. Ele combina dados de CRM e ERP com informações externas para identificar padrões e cursos de ação.

Ambas as tecnologias prometem pegar dados e transformá-los em algo útil para a tomada de decisões, da mesma forma que oferecem recursos similares para a sua visualização. Mas é nas diferenças que elas se destacam. BI é ideal para modelar e responder a questões sobre coisas que você já conhece, como quantos itens de um produto foram vendidos essa semana.

Data Discovery, por outro lado, é fundamental para responder a perguntas que você ainda não sabe que precisa da resposta e envolve fatores desconhecidos. Algo como “será que o clima em Belo Horizonte influenciou a venda do item X essa semana?”.

A diferença essencial entre ambas, no fim das contas, é quem faz o quê. Se em BI apenas agentes da organização são responsáveis por criar e manter os sistemas que apresentam as respostas para as perguntas de negócios, no Data Discovery qualquer um que entenda a correlação entre os dados sendo utilizados pode fazer isso.

E, como os prós de um são os contras do outro, a recomendação do Gartner citada no começo deste tópico faz todo o sentido: usar Business Intelligence e Data Discovery ao mesmo tempo é o ideal.

Quais são as vantagens do Data Discovery?

O Data Discovery é importante principalmente pelas vantagens que gera para as empresas.

Por si só, a liberdade de explorar os dados de sua associação é uma delas, que estará ao seu alcance com uma ferramenta de descoberta de dados intuitiva, interativa e visual.

A partir daí, todas as pessoas dentro do seu negócio poderão alcançar um novo nível de compreensão sobre os dados, no que podemos chamar de uma verdadeira revolução cultural.

A libertação dos seus dados é outro benefício. Todos dentro da organização poderão visualizá-los de forma acionável e a entrega de informações críticas será automatizada. Seus funcionários poderão receber, em suas caixas de e-mail, as informações mais críticas a respeito de suas funções sempre que elas mudarem.

E as características positivas do Data Discovery não param por aí! Por se tratar de um processo extremamente intuitivo e visual, ele será fácil de navegar para os seus colaboradores, que intuitivamente conseguirão encontrar informações na plataforma. As suas visualizações também permitirão que o cérebro processe informação de forma mais eficaz.

Por último, o Data Discovery é extremamente social e pode integrar todos os membros da sua organização em torno dos mesmos objetivos. É fácil compartilhar informações por meio de links para a sua equipe ou fazer comentários diretamente no dashboard da aplicação escolhida. Trocar insights nunca foi tão fácil quanto na era do Data Discovery!

Extraído do site OOZONE Inteligência Digital

WhatsApp WhatsApp
Menu